Opção terapêutica que pode mudar a vida de seus pacientes

Conheça uma opção terapêutica com óleos rico em CBD que pode ajudar na qualidade de vida dos seus pacientes. Essa terapia auxilia no tratamento de pessoas que têm epilepsia, dores crônicas, Transtorno do Espectro Autista (TEA), Alzheimer, Parkinson, câncer, insônias, ansiedade, depressão e outras patologias.

QUERO CONHECER!


Quem a INDEOV atende?

Médicos

Prestando de forma gratuita todo o suporte necessário para os médicos na prescrição e no manejo da terapia com óleos ricos em CBD, bem como fornecendo materiais científicos e realizando discussões de casos.




Pacientes

Auxiliamos gratuitamente os pacientes em todas as etapas, desde encontrar um médico prescritor, à conseguir a autorização da ANVISA e realizar a compra do produto. Além disso, prestamos gratuitamente um monitoramento terapêutico, para acompanhar o andamento da terapia e esclarecer possíveis dúvidas.

Nossa missão é promover a saúde e o bem-estar.


A INDEOV procura promover a qualidade de vida, a saúde e o bem-estar para todas as pessoas, trazendo produtos de alta qualidade para auxiliar no tratamento de diversas patologias.

Conheça como os óleos ricos em CBD podem ajudar nos seguintes tratamentos:



Como o CBD pode ajudar no tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Os principais estudos revelaram que possivelmente exista um distúrbio no SEC (Sistema Endocanabinoide) e que o uso de canabinoides, particularmente o Canabidiol (CBD), seja eficaz como monoterapia ou tratamento adicional. O CBD evidenciou ser efetivo em algumas comorbidades que contemplam o TEA, atuando na redução da agressividade, ansiedade e hiperatividade, além de melhorar interações sociais e a qualidade do sono. Alguns pacientes obtiveram melhora na função cognitiva e imunidade. Evidências científicas apontam para uma melhora da qualidade de vida de maneira geral, e diminuição de polifarmácia.

Como o CBD pode ajudar no tratamento de Epilepsia.

Em um estudo realizado com crianças que possuíam Encefalopatia Epiléptica Refratária, ocorreu redução significativa na frequência das crises e na qualidade de vida dos portadores de epilepsia infantil. Já em uma meta-análise com 670 adultos foi demonstrado que houve uma queda de 64% na frequência das crises, além da percepção de ganhos secundários como, autocontrole (52%), melhora na qualidade de sono (31%), humor (30%), menor agressividade (20%), melhora na fala, atividades motoras e cognição (7%). Os ganhos foram constatados principalmente quando foi utilizado o extrato da planta inteira em comparação com o extrato isolado (dosagem 4 vezes maior). Em 2016, os primeiros resultados de ensaios clínicos de fase III mostraram efeitos benéficos do CBD em distúrbios convulsivos resistentes ao tratamento, incluindo Síndrome de Lennox-Gastaut (LGS) e síndromes de Dravet (DS). SILVESTRO et al, Use of Cannabidiol in the Treatment of Epilepsy: Efficacy and Security in Clinical Trials.

Como o CBD pode ajudar no tratamento do Alzheimer

Endocanabinoides são cruciais para regular a liberação de neurotransmissores no SNC, e são importantes na ativação da microglia, permeabilidade da barreira hematoencefálica e cognição. Estudos in vitro e in vivo demonstraram que os canabinoides podem reduzir a neuroinflamação e o estresse oxidativo, inibir a liberação excessiva de glutamato, e reduzir a formação de placas 𝛽-amilóides, que são as principais características da DA de início tardio. Em um estudo de 2017, pesquisadores descobriram que o CBD promove o crescimento e desenvolvimento de células cerebrais, sendo neurogênico e neuroprotetor, o que demonstrou reduzir o declínio da memória e de outras funções cerebrais, melhorando a neuroplasticidade. Já em 2013 um estudo realizado com Sativex (CBD e THC 1:1) constatou a redução da deposição de placas 𝛽-amilóides e tau no hipocampo e no córtex cerebral, além de aumentar a autofagia. A ativação do receptor CB1 no SNC causa despolarização, induzida por supressão da inibição e excitação que modula a sinalização sináptica hipocampal. Existem evidências que CB1 pode regular a plasticidade cerebral e aprendizado via hiperpolarização. Já o receptor CB2, que é expresso nas células da microglia, tem envolvimento no processo da neuroinflamação: maior alvo para o tratamento. Níveis adequados de Anandamida, um endocanabinoide, está relacionada com a função espacial. Níveis adequados de Anandamida, um endocanabinoide, está relacionada com a função espacial e o CBD já demonstrou ser capaz de modular indiretamente suas concentrações.

Conheça os diferencias da INDEOV


- Suporte completo ao médico que deseja se tornar prescritor (receba conteúdos científicos, discussão de casos clínicos e manejo terapêutico);


- Suporte completo ao paciente que deseja iniciar a terapia (encontre um médico, obtenha a Autorização de Importação Anvisa e receba os seus produtos);


- Primeira empresa brasileira especializada no apoio a importação de produtos à base de CBD;

- Produtos das marcas líderes de mercado (Charlotte's Web e Elixinol);


- Equipe multidisciplinar oferecendo a melhor experiência aos pacientes;


- Equipe atuante no Brasil desde 2015;

- Primeira empresa no setor no mundo a receber o apoio das Nações Unidas (ONU);


- Oferece educação continuada para pacientes e médicos para conscientizar sobre os benefícios do tratamento à base de CBD.

Veja o que os outros Médicos dizem sobre a terapia.


Dr. Leandro Ramires

Dra. Jéssica Tilli Marques


Nossa missão é promover a saúde e o bem-estar.



Conheça a INDEOV, a primeira empresa Brasileira especializada em facilitar a importação de produtos à base de CBD. Atuantes desde 2015, fomos a primeira empresa do mundo no setor a receber um programa de aceleração da ONU. Realizamos o acompanhamento completo de nosso paciente durante a compra do seu produto, desde apoio para encontrar um médico, até a autorização da ANVISA e por fim a entrega dos produtos.

Seus dados estão protegidos conosco.